quarta-feira, 27 de maio de 2009

Cirurgia Bariátrica

A cirurgia bariátrica hoje em dia é muito utilizada e ao mesmo tempo causa controversias. Será realmente efetiva? Será perigosa? Como são realizadas?
Existem várias técnicas de cirurgia bariátrica. As técnicas não são escolhidas pelos pacientes, são escolhidas de acordo com o grau de obesidade de cada paciente analisando seu IMC e quantidade de caloria ingerida normalmente. Os 3 grandes grupos de técnicas são:
As técnicas restritivas: de fácil adaptação e fácil recuperação, porém com menor perda de peso. São aquelas tecnicas que diminuem o volume e limita a extensão do estomago.
As técnicas disabsortivas: o paciente perde bastante peso (40% do total), deve-se controlar para não ter disturbios nutricionais, consiste em fazer um desvio do trato para o intestino.
As técnicas mistas: como o nome já diz possui características das 2 técnicas anteriores. A mais conhecida técnica mista é o bypass gástrico.
As principais causas de mortalidade são (1):
• Deiscência, que é a abertura de um ponto nas suturas do estômago ou intestino, levando a saída de liquido para a cavidade abdominal, causando peritonite e septicemia (infecção generalizada). Isto pode levar o paciente a nova cirurgia, para reparar esta abertura, mas mesmo assim pode causar a morte.
• Embolia pulmonar (sangue coagulado nos pulmões) que é o "entupimento" de uma ou várias artérias que irrigam o pulmão, e algumas vezes pode levar o paciente a morte por insuficiência respiratória.
• Outras causas, bem menos comuns como: insuficiência respiratória, infarto do miocárdio, insuficiência renal e hemorragias também podem levar o paciente



A cirurgia bariatrica em adolescentes é aconselhavel?


Para o Dr. Joseph F Capella e Rafael F. Capella, é uma boa idade para fazer a cirurgia de redução do estômago. No seu artigo, eles explicam que a consequência física da obesidade durante a adolescência persiste e piora quando o individuo se torna adulto. Ele aponta não so para os inúmeros problemas fisiológicos, existe toda uma questão psicológica que afeta ao adolescente na sua relação com outros da sua idade.
Afirma ainda em seu trabalho que os tratamentos não cirurgicos são pouco efetivos; o mais adequado é a cirurgia bariátrica. Em seus estudos operou 19 adolescentes. Não houve mortes nem complicações levando a conclusão da eficiência desse procedimento.


Hoje em dia com o avanço da cirurgia não é necessario abrir o abdome para realizar a operação. A mesma é realizada através de videolaparoscopia, com pequenos cortes (orifícios) no abdome.
É importante ressaltar que: por mais que o Dr Joseph aconselhe a cirurgia bariátrica, continua sendo uma cirurgia, com todos os riscos cirúrgicos e pós-cirúrgicos. A cirurgia é apenas uma parte do tratamento. O paciente tem que se comprometer a seguir uma dieta balanceada antes da cirurgia e depois da cirurgia.


Referências:
Bariatric surgery in adolescence. Is this the best age to operate? ; Joseph F Capella; Rafael F. Capella
http://www.aobesidademorbida.com.br/default.asp (1)

esquema de orificios na cirurgia por videolaparoscopia

3 comentários:

  1. eu gostaria de sber mais detalhadamente sobre esses riscos e também sobre uma forma de evitar que o paciente venha a falecer.estou com um irmão no hospital por calsa de uma cirurgia bariátrica,gostaria de saber as chances dele,ele só tem 23 anos,teve que fazer essa cirurgia devido ao cancêr de testículo que teve e engordou muito ,sendo assim obrigada a fazer,estava fazendo mal a ele a gordura .se puder me ajudar com resposta agradeço.

    ResponderExcluir
  2. estou esperando minha resposta da pergunta de ontem anoite se puder me responder eu agradeço.

    ResponderExcluir
  3. mande a resposta pelo meu e-mail.boa noite e obrigada.

    ResponderExcluir